AndreSurfer

Beyond the News

E Viva o Tênis!!!

Alguns esportes no Brasil só ganham repercurssão na mídia quando tem brasileiro tirando leite de pedra para conquistar vitórias e títulos. Lembro que no fim da década de 90, Tênis se tornou muito popular com as conquistas de Guga e Fernando Meligeni, o que fez muita gente trocar as chuteiras por uma raquete. Com o tempo isso deu uma esfriada, o que é uma pena, pois o Tênis alia muitas modalidades diferentes em um único esporte. Ideal para um povo como o brasileiro, que sabe improvisar e adaptar-se facilmente .

Photo: Andre M. Pinto

Aberto da Austrália: sucesso em público e mídia; mas no Brasil tênis é esporte de elite                                              Photo: Andre M. Pinto

 

                O Tênis é o mais completo dos esportes, se você não concorda, então preste atenção em como esta modalidade pode afetar a sua vida de várias maneiras.

                Primeiramente, o tenista precisa ter a mente de um jogador de xadrez para saber mudar suas estratégias durante as partidas, mesmo quando está ganhando, enquanto mantém a frieza e o calculismo de um jogador de poker. Tudo isso debaixo de muita pressão do seu oponente. Nessa hora, uma formação universitária em Psicologia pode ajudar o tenista a não criar um segundo adversário: o próprio atleta.

                Mas além de ser um dos mais interessantes “jogos da mente”, o Tênis também é físico. Você precisa ter a explosão de um velocista dos 100 metros rasos para salvar um “drop shot”, além de ser um gladiador assim como um maratonista para aguentar 3, 4 ou até 5 horas de partida. O tenista precisa ter a energia de um nadador dos 50 metros rasos para trocar 20 bolas em um fôlego só e depois servir ou receber um saque há mais de 200 quilometros por hora.

                Quem pensa que a relação do Tênis com o Futebol é contrariante já que em um “rede é gol” e no outro “rede é ponto”, está muito enganado. Para vencer você precisa ser um goleador impiedoso, daqueles que mesmo ganhando por 5 a 0 não tem medo de continuar massacrando o adversário, pois no Tênis o velho jargão “o jogo só termina quando acaba” é uma realidade prá lá de mais do que verdadeira.

                Assim como um goleiro ao defender um penalty, você necessita ser sensato para se antecipar e devolver um saque que mais parece um tiro à queima roupa. Como tenista, você precisa saber agir pensando já na próxima jogada, assim como Rui Chapéu no bilhar. O problema é que no Tênis o adversário nem sempre coopera com as suas intenções.

                Se pilotar um carro de Formula-1 exige muita concentração, o Tênis não fica para trás. Um segundo de descaso e lá se foi o game, o set e o jogo. Mas se você estiver atento, então jogue como um ala de Basquete que acerta da marca dos “Três” a cada minuto e coloque os winners no fundo da quadra.

                Há no Brasil muita gente que ache que o Tênis é um esporte de “elite”, mas infelizmente não é. Pois se fosse, cairia “como uma luva” em um país o qual se orgulha de ter sido o último à entrar na crise econômica mundial e o primeiro à sair. Com tanto desenvolvimento no Brasil fica justificável o investimento no futebol, onde chuteiras são mais caras do que uma raquete. Ah, uma pena também saber que tenistas brasileiros são barrados nas alfândegas por excesso de bagagem ao voltar do exterior. Ninguém acredita que no país do futebol exista “fulanos e beltranos” que fazem do Tênis seu ganha pão, o que coloca qualquer um sob suspeita ao entrar no país com a mala cheia de raquetes, bolinhas e roupas esportivas.

                Uma pena mesmo, pois o brasileiro é versátil por natureza e se o Tênis tivesse um pouco mais de incentivo por parte do público, da imprensa e dos nossos governantes, certamente estaríamos dominando este esporte pelo mundo afora, o que além de ajudar na repercursão positiva do nome do Brasil no exterior, ainda estaria dando à uma centena de crianças novas opções de ganhar a vida ou simplesmente de se diverter e exercitar a mente.

                Talvez esta falta de incentivo se deva ao fato do Tênis ser um dos esportes mais honestos do mundo, uma filosofia à qual nossos governantes não são muito “chegados”. No Tênis meu amigo, não tem “taxinha” pra esse ou aquele, se foi fora a câmera mostra. Não dá prá roubar! Embora eu também não posso negar que há casos um tanto quanto condenáveis neste esporte, como o da lenda viva Andre Agassi, o qual após a aposentadoria assumiu ter se dopado durante muitos anos. Mas considerando a versatilidade do Tênis, talvez este seja o motivo pelo qual o norte-americano não ganhou mais títulos na carreira. Se preocupar somente com o seu rendimento físico é um dos maiores erros que um tenista pode cometer. Fato que faz do Tênis um esporte ainda mais respeitável!

                Por essas e outras que eu digo: Viva o Tênis!

                Carlos Bernardes

                Este foi o nome do representante brasileiro na final de Wimbledon 2011. Carlos Bernardes é um dos mais respeitados árbitros da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e trabalhou na partida entre Novak Djokovic e Rafael Nadal. Algo para ser também noticiado em manchetes de primeira página, pois o torneio ingles é um dos mais importantes do mundo!

                Considerando as dificuldades que existem para ser até mesmo juíz de futebol no Brasil, este posto de Carlos Bernardes é um grande feito para o esporte brasileiro.

Advertisements

2 comments on “E Viva o Tênis!!!

  1. Wagner
    July 8, 2011

    Parabéns Andre, e este segundo de desleixo que fez o Andy Murray perder para o nadal no empate de 2 a 2 no segundo set do jogo, uma pena pois o inglês apresentou um jogo implacável e teria sido sensacional uma final entre ele e Djokovic…

    Parabéns pelo blog, tá show, forte abraço!

    • Andre M. Pinto
      July 13, 2011

      O descuido do Andy Murray é a prova do que eu disse no texto acima. Pra joga Tênis tem de ter concentração de piloto de F-1 ou senão…
      Obrigado por passar por aqui.
      Abraços!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on July 5, 2011 by in Esportes, Português.
%d bloggers like this: